O ano de 2016 apresenta diversos desafios para a atividade empreendedora no país. Para enfrentá-los, não adianta se lamentar pelo mau momento da economia é preciso desenvolver estratégias que fortaleçam sua empresa. Na base destas ações estratégicas se encontra o planejamento — motor de qualquer negócio próspero em uma realidade tão competitiva quanto à nossa. Neste sentido, nós preparamos este post com 4 dicas essenciais para que você não perca o foco em seu planejamento empresarial. Confira!

1. Controle suas vendas e despesas

O primeiro passo na hora de estruturar um planejamento empresarial eficiente consiste em manter controles precisos das entradas e saídas financeiras do seu negócio. Em outras palavras, é fundamental realizar um bom gerenciamento de suas vendas e despesas, afinal de contas, sem uma visão objetiva da saúde financeira do empreendimento, não é possível elaborar ações efetivas para o crescimento de seu negócio durante o ano.

Embora esta etapa pareça básica, ela é indispensável em qualquer planejamento financeiro bem construído e irá auxiliá-lo, por exemplo, quando você for realizar projeções de investimento ou no cálculo do capital de giro necessário para manter sua empresa em atividade.

2. Planeje seus resultados de venda

O próximo item de nossa lista se refere ao planejamento dos seus resultados comerciais. A partir dele, você poderá avaliar se suas vendas estão sendo satisfatórias ou se precisará ajustar algum elemento como a precificação, a divulgação de seus produtos e serviços ou mesmo a qualidade do relacionamento com os clientes. Caso seus resultados não estejam sendo satisfatórios, vale a pena reavaliar as estratégias de sua empresa e definir melhor seus objetivos.

Para um bom acompanhamento da sua projeção de resultados, não deixe de revisá-la em períodos trimestrais, assim, você chegará a números mais equilibrados e poderá ajustar suas metas de venda de acordo com a realidade do seu negócio.

3. Crie um roadmap de ações para 2016

A terceira etapa que não pode faltar em um planejamento empresarial trata-se de seu roadmap para 2016. Você já ouviu falar em roadmap? Essencialmente, o termo se refere ao mapa dos passos que você terá de percorrer até atingir determinado objetivo em sua empresa. Neste sentido, um roadmap de ações para este ano diz respeito ao planejamento de tudo que você deseja alcançar até o fim de 2016. Para tanto, você precisa levar em conta alguns fatores, tais quais:

•    Qual investimento necessário para que a empresa chegue a este objetivo?

•    A que distância estamos desta meta?

•    Quais ações e que equipes preciso envolver nesta ação?

Para visualizarmos melhor este cenário, vamos imaginar que você é proprietário de uma loja virtual. Um de seus objetivos é aumentar as vendas de seu e-commerce em 2016. Logo, no seu roadmap será necessário incluir, dentre outros elementos, os custos de publicidade e divulgação para angariar novos clientes, o acompanhamento dos números de venda mês a mês, bem como, os funcionários que, eventualmente, possam colaborar com este projeto.

4. Se precisar, busque auxílio

Nem sempre é fácil dar conta de um planejamento empresarial sozinho. Porém, isso não é motivo para abrirmos mão de um componente tão importante para o sucesso de um negócio. No inovador contexto em que vivemos hoje, é possível contar com ferramentas gerenciais sofisticadas e especialistas focados no desenvolvimento estratégico de empresas, os quais podem auxiliá-lo na estruturação de seu planejamento. Sendo assim, porque não começar o quanto antes a desenhar o mapa do caminho que você percorrerá este ano? Sem dúvidas, com ele, seu trajeto será muito mais seguro.

Essas dicas foram úteis pra você? Gostaria de saber mais sobre planejamento aplicado em empresas e suas soluções? Confira nosso post sobre 5 ferramentas práticas para elaborar um planejamento financeiro!

Comentários