Empresas em desenvolvimento encontram-se numa fase natural de alto entusiasmo e comprometimento de todos os envolvidos. Mas não é só disso que uma startup precisa para construir bases sólidas e deslanchar no mercado. A competitividade é imensa em praticamente todos os setores e empresários novos devem compreender que precisam contar com ajuda de pessoas mais experientes.

Imagine se você pudesse ser ensinado por alguém que já trilhou um ramo parecido com o seu e que possui as características que você considera fundamentais para agregar valor à sua empresa! Pois essa pessoa é o mentor de negócios, alguém que vai te apresentar novas ideias, possibilidades e ampliar sua visão de mercado. Dessa maneira é possível ganhar tempo e aprender coisas que só a vivência pode trazer. Descubra a seguir os motivos que esclarecem por que você precisa de um mentor para sua startup:

Por que eu preciso de um mentor para minha startup?

Primeiramente, porque o mentor é, necessariamente, alguém mais experiente que você no mercado. Em linhas gerais ele é um executivo bem-sucedido  ou possui habilidades em pontos que você ainda precisa se desenvolver. Ele é capaz de te orientar em muitos aspectos iniciais. O mentor é uma espécie de conselheiro, aquele que te ajuda a julgar e avaliar oportunidades, além de transpor barreiras naturais de qualquer começo de negócio. Veja algumas qualidades que o mentor já conquistou e que podem ajudar a alavancar a sua startup:

1.Visão de campo ampliada

Sabe aquela sensação de dirigir na neblina e só enxergar os próximos 10 metros? Pois é exatamente assim que os empreendedores se sentem no início da carreira, quando estão colocando uma primeira ideia ou projeto em prática. Mas o mentor… bem, ele, como já percorreu esse caminho algumas vezes, ou orientou outros negócios com dificuldades similares às suas, conhece bem a estrada e por isso consegue enxergar através da neblina. Ele tem uma visão ampla do jogo, do campo e dos adversários. Valor incalculável para qualquer negócio.

2. Segurança e experiência

Essas são qualidades que dependem, necessariamente de tempo de carreira. Os mentores são executivos que construíram suas próprias companhias, lecionam ou prestam consultoria sobre o assunto e que se engajam em diversos projetos. Isso confere segurança para tomar decisões e a experiência eleva a autoestima e aprimora o senso de oportunidade. Um mentor tem essas qualidades e pode te ajudar a conquistar uma postura empresarial forte.

3. Rede de relacionamento consolidada

A rede de relacionamentos é algo que também se constrói com o tempo de carreira e com a habilidade de se comunicar e estabelecer relações com os mais diversos tipos de pessoas. Normalmente, os mentores possuem uma boa rede de contatos que pode contribuir para seus projetos. E você ainda pode aprender a como construir e manter boas relações comerciais.

Como você vai precisar trocar ideias com o mentor, fazer reuniões e isso toma tempo, verifique se ele tem disponibilidade de horário antes de fazer a ele uma proposta de mentoria. Quando buscamos ajuda é importante que os candidatos estejam num momento capaz de contribuir integralmente com o seu projeto. Empresários muito ocupados, que vivem incomunicáveis, sem tempo e apressados, podem ser incríveis, mas não vão ajudar muito se sua ideia é compartilhar experiências.

Veja que o mentor não é alguém que ditará qual caminho deve ser trilhado por sua empresa, mas um apoio de direcionamento por alguém que possui conhecimento em algum campo deficiente em sua startup ou que não anda tão bem quanto o previsto ou necessário.Portanto, a sua relação com o mentor deve ser transparente e você não deve esperar que ele dirija seu negócio no seu lugar, mas que as conversas, dicas e sugestões ajudem em decisões importantes.

E você, já tem um mentor? Nos conte sua experiência nos comentários.

Abraço,

Equipe Syhus

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Comentários