Ecommerce #7: quais profissionais ter na empresa e quais terceirizar

A exponencial popularização das lojas virtuais reafirma que o mercado brasileiro de e-commerce cresce cada vez mais. Graças às facilidades que existem para auxiliar a gestão de um negócio virtual é cada vez mais comum encontrar pequenas e médias empresas investindo em comércios eletrônicos.

A possibilidade de vender seus produtos sem a necessidade de uma loja física atrai diversos empreendedores que buscam ampliar seu negócio. Apesar das facilidades atuais, gerir um negócio continua sendo uma tarefa árdua e que demanda uma considerável mão de obra. Por isso, a terceirização (outsourcing) de serviços se torna cada vez mais real.

Hoje em dia é comum encontrar empresas especializadas que realizam atividades que uma organização precisa, mas não deseja ter uma equipe interna para desempenhar tal papel. A terceirização de serviços que compõe a base de lojas virtuais são comuns.

Se você se encontra em situação semelhante e está em busca de mais informações sobre os serviços que podem ser terceirizados, os mais importantes e quais você pode contratar in loco, continue lendo este post.

Porque terceirizar

Como dissemos anteriormente, para que seu e-commerce funcione todo sob seu comando, com funcionários contratados, a primeira coisa que você deve considerar é o tamanho do gasto que isso representará.

Quando você contrata uma equipe, estes são alguns dos pontos a serem levados em conta:

  • Pessoas (colaboradores): Salários, encargos, benefícios, férias, 13º salário, hora extra, entre outros.
  • Infraestrutura: Aluguel, contas (luz, água, telefone e internet), limpeza, segurança entre outros.
  • Equipamentos: Computadores, manutenção, substituição.
  • Insumos: Compra de caixas, fitas adesivas, plástico bolha, fita de arquear, etiquetas e assim por diante.

Após a pequena lista acima, fica claro que possuir equipes responsáveis por todas as áreas representam gastos consideráveis. Algo que pequenas e médias empresas não podem se dar o luxo. Nesta hora a terceirização de serviços chega para resolver estes problemas.

Quais funções terceirizar

Para que um e-commerce esteja no ar, funcionando, recebendo pedidos e pagamentos e efetuando entregas de qualidade, diversas funções distintas são envolvidas no processo. A seguir você conhecerá a lista com a maioria das funções que podem ser terceirizadas em uma loja virtual:

  • TI – Para a escolha, implementação e manutenção de plataformas de e-commerce.
  • Marketing – Responsáveis por garantir que sua loja seja encontrada e que seus anúncios serão exibidos para o público certo, nos locais certos. Além do gerenciamento de demais serviços de divulgação online.
  • Atendimento ao cliente – Seu e-commerce necessita de um canal aberto para que clientes tirem dúvidas sobre produtos, entregas e demais serviços. Pessoas capacitadas para falar e escrever de acordo com a imagem da empresa.
  • Logística – Gerenciar um estoque, entregas, devoluções e tudo mais que envolve os processos logísticos de um e-commerce.

O que levar em consideração na hora da contratação

O principal ponto que resume a preocupação na hora da contratação de um terceirizado gira em torno da qualidade do serviço. Você não quer comprometer a imagem de seu negócio por causa de funcionários que não são seus. Na hora de escolher a empresa, certifique-se de que ela conta com um SGQ (Sistema de Gestão da Qualidade) que foi desenvolvido e implementado através de indicadores de Key Performance Indicators (KPI).

A terceirização de serviços garante que além de economizar dinheiro empreendedores tenham a chance de focar no que realmente interessa: o crescimento de seu negócio. Gerir todas as áreas de um e-commerce demanda muito tempo e dedicação, e é por isso que contratar empresas capacitadas para exercer tais funções é uma saída tão boa.

Em parceria com a Ideation Brasil, desenvolvemos uma série de três ebooks gratuitos que apresentará os principais modelos de negócio referentes à startups. O primeiro volume tem foco no Ecommerce e SaaS. Baixe gratuitamente o Ebook: Gestão financeira para modelos de negócio Web.

Cristiano Freitas

Equipe Syhus

[contact-form-7 id=”2965″ title=”coletor-fim-post”]

Comentários

Compartilhe esse conteúdo

Artigos Relacionados

Artigos mais recentes

A contabilidade ideal para a sua empresa

Fale hoje com a Syhus!

Converse com quem realmente entende as necessidades e dores das startups e
empresas de tecnologia.