Como elaborar um deck de investimento para atrair investidores?

Abordar investidores e convencê-los de que suas ideias valem a aplicação do capital é uma tarefa difícil, que exige preparo. Para elevar as chances de fechar negócio e desenvolver um discurso mais convincente, é necessário preparar bem o seu deck de investimento. 

O principal aspecto que se deve trabalhar é quanto ao conhecimento de informações macro, referentes ao segmento em que a empresa atua, e sobre as características internas da organização e das soluções que ela oferece.

Se você tem grandes ideias para seu negócio e precisa apresentá-las aos novos acionistas, continue a leitura e descubra como fazer um excelente deck.

O que é um deck de investimentos?

O deck de investimento ou pitch deck, é uma forma organizada de apresentar o produto ou negócio, vendendo a ideia e sua organização para sócios, parceiros, acionistas e até clientes. Esse conceito foi difundido entre as startups, em especial, nas aceleradoras que visavam a apresentar seus projetos com o objetivo de obter suporte de investidores externos, tanto em forma de capital quanto em conhecimento.

O deck de investimento pode ser feito em reuniões a portas fechadas ou em eventos de empreendedorismo. Em ambos os casos, a apresentação é determinante para a criação de vínculo com investidores, melhorando as chances de contato futuro.

Durante a apresentação, você deve explicar o que é o projeto, como funciona o mercado em que ele atua, quais são as soluções e seus diferenciais e qual o retorno esperado para os investidores. A duração média é de, no máximo, 20 minutos, exigindo que você conheça bem todos os aspectos e consiga tirar todas as dúvidas.

Como elaborar um deck para atrair investidores?

Para elaborar um deck convincente, você precisa analisar quais perguntas devem ser respondidas a fim de transparecer segurança quanto a suas ideias e projetos. Confira, a seguir, quais itens não podem faltar na sua apresentação.

Levante o problema

Um ponto muito importante se refere ao seu entendimento do problema que seu negócio soluciona. Não vale imaginar que as pessoas têm alguma dificuldade, apenas porque elas se encaixam com seu produto ou serviço.

Pesquisas de mercado ajudam a identificar as necessidades do seu nicho e apontam quais dores precisam ser resolvidas. Antes de vender suas ideias, é necessário mostrar a transformação que elas representam para os consumidores.

Mostre a solução

Um aspecto determinante no sucesso de um deck se refere à solução ou transformação que sua empresa promove para os clientes. Os investidores somente vão aplicar capital se suas ideias resolverem um problema real do público.

Isso significa que é preciso trabalhar em um discurso objetivo quanto às soluções oferecidas. Se o seu produto já está no mercado, é possível incluir provas sociais do sucesso entre clientes e usuários. Caso você só tenha uma ideia para apresentar, mostre dados estatísticos do setor de atuação, pesquisas do público-alvo, e mostre como seu projeto atende a esse grupo.

Apresente o mercado

Em seu deck de investimento, é importante apresentar o mercado potencial que sua startup vai ter, deixando claro como existem boas possibilidades de gerar bons retornos. Dessa forma, faça uma apresentação simples de como é seu segmento de atuação, abordando os desafios a serem enfrentados, as oportunidades apresentadas no setor e como seu negócio está pronto para aproveitá-las.

Uma forma de fazer isso é partir de uma análise da atuação da concorrência, provando que existem situações que podem ser exploradas para gerar bons retornos. Mostre que sua empresa está pronta para alcançar lucro com as possibilidades destacadas.

Defina o modelo de negócio

Nessa etapa do deck de investimento, o intuito é descrever para os potenciais investidores de que forma sua startup vai monetizar, além de apresentar as características mais marcantes que seu projeto apresenta.

Por meio do modelo de negócio, você pode explicar como sua empresa vai gerar valor para os potenciais clientes, de que forma a precificação é realizada, qual é a margem de lucro e quais são os meios pelos quais vai chegar ao público. É importante que você transpareça segurança de que seu negócio tem potencial e que vai gerar bons retornos.

O que não pode faltar na elaboração do deck de investimento?

Um deck de investimentos deve encantar os investidores, portanto, uma característica essencial é que seja criativo. Outro ponto extremamente importante e que não pode faltar no seu deck é a apresentação dos diferenciais do seu negócio.

Como toda boa startup, suas soluções devem ser inovadoras e apresentar um ótimo potencial de retorno. Além disso, é importante que sejam apresentados bons argumentos que levem os CEOs a fazer o investimento em sua empresa.

Portanto, ao fazer seu deck de investimento, tenha clareza e segurança para apresentá-lo e domine cada um dos aspectos e diferenciais que sua startup tem frente à concorrência. Dessa forma, suas chances de conseguir investimentos é otimizada.

Como fazer uma boa apresentação?

Tenha uma postura mais humana. Essa dica parece superficial, mas há uma grande diferença entre uma apresentação cheia de vida, ideias e transformações, e outra com dados decorados e com uma postura robótica.

Faça um bom storytelling

Construir uma breve narrativa sobre de onde veio a empresa e quais os valores que ela representa ajuda a desenvolver um diálogo mais envolvente e atrai a atenção dos investidores para as próximas etapas de sua fala.

Mostre as principais informações

Na sequência, apresente dados do setor e possibilidades de expansão do mercado, mostrando como essa é uma oportunidade única de crescer com o segmento em que o negócio está inserido.

Depois, fale de suas ideias, da empresa, dos dados de desempenho e da forma como ela atende às dores do público. Sempre utilize gráficos e recursos visuais para destacar resultados e projeções.

Finalize com um convite

Por fim, agradeça a atenção de todos e faça uma chamada para ação (CTA), seja para combinar reuniões futuras, seja para conhecer mais sobre sua empresa. Não se esqueça de respeitar o tempo determinado, levando apenas as informações mais importantes.

Um deck de investimentos deve funcionar como uma isca para você conseguir atrair investidores com conhecimento e recursos que possam contribuir para seu projeto. A ideia dessa reunião é instigar a curiosidade e o interesse do público, para que em um momento oportuno você possa apresentar todos os detalhes e, finalmente, fechar o negócio. 

Gostou do nosso texto? Viu como é importante contar com algumas técnicas para acertar no seu deck de investimento? Então, compartilhe em suas redes sociais e ajude ainda mais pessoas a se desenvolver!

Comentários

Compartilhe esse conteúdo

Artigos Relacionados

Artigos mais recentes

A contabilidade ideal para a sua empresa

Fale hoje com a Syhus!

Converse com quem realmente entende as necessidades e dores das startups e
empresas de tecnologia.