Você sabe o que é ativo intangível? Veja como mensurar na startup

Dentro das empresas, há muitos indicadores que ajudam a analisar sua saúde financeira, como os ativos da organização. Entender e avaliar os ativos de um negócio é de extrema importância para a gestão dele. Dessa forma, os resultados da observação podem mostrar os ativos que estão sendo utilizados de forma eficaz e os que demandam nova avaliação.

Ao analisar os ativos intangíveis, torna-se possível visualizar melhor a situação econômica da empresa. Afinal, quem é empreendedor e trabalha com startup tem um ativo intangível essencial no negócio: o que não apresenta natureza física, como marcas, patentes, softwares, pertence a essa classificação no balanço patrimonial da organização.

Mas você sabe o que é um ativo intangível e como mensurá-lo em sua startup? Preparamos este post para tirar suas dúvidas sobre o assunto. Acompanhe!

O que é ativo intangível?

Trata-se de um ativo não monetário que pode ser identificado na instituição. Apesar de não ser físico, tem valor econômico. Com isso, caracteriza os direitos de uso de um determinado bem ou direitos que estão relacionados a uma organização.

É essencial que empresários e gestores tenham informações e dados suficientes acerca da saúde financeira da empresa. Como vimos, isso só é possível por meio da execução do balanço patrimonial, que está vinculado à possibilidade de fazer o cálculo do montante referente aos bens tangíveis e intangíveis.

Inclusive, em várias situações, caso não haja atenção redobrada, os bens intangíveis passam a não ser mais fluxo de caixa para a organização. Podemos citar como exemplo a manutenção de um website. Funciona da seguinte forma: o objetivo maior na aquisição de um site é, normalmente, a divulgação do negócio, disponibilizando informações e viabilizando a comunicação da empresa com seus clientes.

Quais são os bens que se enquadram nessa definição?

Como podemos ver, os bens intangíveis são aqueles que não apresentam uma forma física. Alguns exemplos de ativos intangíveis são:

  • softwares;
  • licenças;
  • marcas;
  • fórmulas;
  • patentes;
  • franquias;
  • direitos autorais;
  • carteira de clientes;
  • direitos de comercialização.

Um ótimo exemplo de bem intangível é a utilização, em empresas que fazem a edição de vídeos ou imagens, de softwares que dependem do pagamento de uma licença. Além disso, podemos pensar em uma startup que realiza o desenvolvimento de uma nova tecnologia para produzir algum item, patenteando a descoberta.

Como o ativo intangível pode ser mensurado na startup?

Para mensurar um ativo intangível na sua startup, é necessário levar em consideração todos os seus custos. Conheça os fatores que são essenciais para isso.

Verificar o custo dos ativos

Nesse quesito, é preciso identificar todo tipo de valor que é imputado no decorrer da preparação de um determinado bem, além do preço de compra, juntamente com os impostos, depois de ter sido feita a dedução de abatimentos e descontos comerciais.

Inclusive, é preciso definir se o ativo foi comprado de forma separada ou por meio de uma combinação de negócios. A aquisição separada faz a mensuração do montante referente aos seus benefícios projetados, apresentando critérios de objetividade, com finalidade do custo de aquisição ou registro contábil.

Já na aquisição em combinação de negócios, é feita a avaliação por meio das expectativas de mercado na data de aquisição, no tocante à hipótese dos benefícios econômicos favoráveis à empresa.

Ater-se à mão de obra

É necessário, em um ativo intangível, levar em consideração todo o tempo gasto em mão de obra ao longo do funcionamento de uma tarefa. Por essa razão, é preciso identificar os serviços executados todos os dias para desenvolvimento do trabalho e utilização de ferramentas como softwares, por exemplo.

Além disso, é preciso saber qual foi o tempo necessário para o desenvolvimento e planejamento e retificar prováveis erros de um ativo. Inclusive, é essencial calcular o tempo gasto com essas tarefas e previsto para tal.

Realizar a terceirização do serviço

É de suma importância, quando forem contratados os serviços da sua empresa, fazer a soma de todos os gastos para a terceirização, no intuito de colocar em prática um ativo inatingível. Lembrando que é preciso ter muita atenção ao separar os valores pagos para implementar ferramentas e os destinados à sua manutenção. Todavia, ao realizar essa terceirização, é mais fácil mensurar os ativos corretamente.

Garantir a participação dos sócios

Lembrando que se os sócios cooperarem para elaborar um ativo intangível na sua startup e forem remunerados, é importante que ela seja considerada um custo por meio do pró-labore, sendo pago nas despesas mensais.

Como reconhecer os ativos intangíveis?

Para reconhecer um ativo intangível, é preciso entender esse conceito e as regras de reconhecimento. Inclusive, é importante que a empresa tenha a capacidade de demonstrar que atende ao custo mensurado com confiabilidade e possíveis vantagens futuras.

Logo, caso um ativo atenda às regras de reconhecimento e também à definição de ativo intangível, é preciso fazer sua contabilidade no balanço patrimonial. Caso o ativo não seja intangível, é preciso que seja registrado como despesa. Enfim, os três aspectos que são regras para o reconhecimento dos ativos são:

  1. ser identificável: ficar desmembrado da figura da startup, ou seja, é possível vendê-lo, licenciá-lo, além de alugá-lo ou transferi-lo como um bem à parte. É preciso que o ativo intangível seja produto de direitos legais ou contratuais.
  2. ser controlável: a organização faz o controle do ativo quando adquire vantagens econômicas futuramente. Lembrando que ela também pode fazer a restrição do acesso a essas vantagens por parte de terceiros. Resumindo, procede dos direitos legais a capacidade de controlar os benefícios econômicos.
  3. ser rentável: por fim, o ativo intangível de uma organização consegue trazer benefícios como qualquer ativo que integre a instituição. Assim, eles nada mais são do que uma forma de conseguir vantagens financeiras.

Como um serviço de contabilidade especializado pode ajudar?

Ao contratar um serviço de contabilidade especializado, torna-se muito mais fácil mensurar o ativo intangível de sua startup, pois profissionais capacitados realizarão essa tarefa com muito mais agilidade e eficiência, utilizando os ativos corretos. A Syhus é um ótimo exemplo de escritório de contabilidade totalmente especializado em startups. Seu principal intuito é realizar os serviços de contabilidade de modo descomplicado.

Por fim, realizar o controle e a mensuração dos ativos intangíveis da sua startup não só deixa o negócio mais organizado, como também ajuda a reduzir o índice de furtos e prepara a empresa para mudanças no negócio ou para aquisições futuras. Logo, é importante não se esquecer de fazer o controle dos ativos, para evitar problemas fiscais e até mesmo prejuízos.

Agora que você sabe como a Syhus pode ajudar, não perca mais tempo e entre já em contato conosco!

Comentários

Compartilhe esse conteúdo

Artigos Relacionados

Artigos mais recentes

A contabilidade ideal para a sua empresa

Fale hoje com a Syhus!

Converse com quem realmente entende as necessidades e dores das startups e
empresas de tecnologia.